• Miniatura
  • denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • Convite para participação na Cerimônia de Formatura da 1ª Turma do projeto Cozinha & Voz em Rondônia.
  • banner grande uirapuru
  • BUSDOOR-FACE

Convite para participação na Cerimônia de Formatura da 1ª Turma do projeto Cozinha & Voz em Rondônia.

Cerimônia de Formatura da 1ª Turma do projeto Cozinha & Voz em Rondônia

 

Prezado(a) Senhor(a),

 

Cumprimentando-o(a), na condição de Coordenador Regional da Coordenadoria Nacional de Promoção de Igualdade de Oportunidades e Eliminação da Discriminação no Trabalho COORDIGUALDADE, da Procuradoria Regional do Trabalho da 14ª Região, sirvo-me do presente para convidá-lo(a) para participar da Cerimônia de Formatura da 1ª Turma do projeto Cozinha & Voz em Rondônia, no dia 20.08.2019, às 10h,no prédio sede da PRT 14ª Região, localizado na Avenida Presidente Dutra, n. 4055, Bairro Olaria, neste Município.

O Projeto Cozinha&Voz foi desenvolvido por este Ministério Público do Trabalho, em parceria com a Organização Internacional do Trabalho – OIT e o SENAC/RO, e a 1ª Turma do Projeto, no Município de Porto Velho/RO, foi realizada no período de 22/07/2019 a 08/08/2019, com cerca de 40 (quarenta) participantes (20 na turma da manhã e 20 na turma da tarde).

O projeto Cozinha&Voz nasceu de uma iniciativa para formar tecnicamente pessoas que estavam fora do mercado formal e em situação de exclusão. Para isso a formação deveria ser em uma área onde não houvesse a exigência de escolaridade mais elevada e, ao mesmo tempo, com grandes possibilidades de contratações, como é o caso de assistente   de   cozinha, que, além   do   descrito, possui   algumas   vantagens   importantes trabalhistas  como  piso  salarial  maior que  o  mínimo,  refeições  no  local,  em  muitos  casos, seguro saúde e dentário e outros. Essa condição garante a possibilidade de uma estabilidade inicial para seguir na carreira ou buscar outras alternativas dentro do mercado formal de trabalho. 

Para isso a formação teria que ser breve, evitando a evasão, muito comum em grupos mais excluídos. Hoje 175 pessoas tiveram a oportunidade de passar pelo curso. As primeiras turmas em São Paulo foram para pessoas transexuais. Ao todo foram 4 turmas com um total de 96 travestis e homens e mulheres transexuais.

O Ministério Público do Trabalho com o escopo institucional de assegurar a inclusão produtiva de pessoas em situação de exclusão no mercado de trabalho e na sociedade, contou com diversas parcerias. No tocante à promoção, à execução orçamentária e técnica do projeto, o Ministério Público do Trabalho (MPT) estabeleceu parceria com a Organização Internacional do Trabalho (OIT) e com a Chef de Cozinha Paola Carosella (atuação voluntária), cuja presença à formatura já foi confirmada.

Com parte fundante, foi realizada uma parceria com a Casa Poema, coordenada pela atriz e poeta Elisa Lucinda e pela atriz e diretora Geovana Pires.

Além das organizações citadas, criou-se uma rede de empresas parceiras, com o compromisso da promoção da igualdade e capacitação de trabalhadoras e trabalhadores, para garantir entrevistas de emprego para alunas e alunos egressos do curso. Atualmente, o número de empresas parceiras chega a 49, dentre elas: GPA, BASF, Facebook, Sodexo, Brasscom, Carrefour e restaurantes locais que abrem vagas para os egressos e egressas do curso.

Certo de poder contar com a presença de Vossa Senhoria, despeço-me cordialmente.

 

documento assinado eletronicamente

Carlos Alberto Lopes de Oliveira

PROCURADOR DO TRABALHO

Coordenador Regional da COORDIGUALDADE

 

Imprimir

  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • meio ambiente
  • trabalho escravo
  • trabalho portuario
  • liberdade sindical
  • promocao igualdade
  • trabalho infantil