• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • Campanha Abril Verde reúne em Ji-Paraná, MPT, MPF, DNIT, CEREST, DER-RO para um debate
  • BUSDOOR-FACE

Campanha Abril Verde reúne em Ji-Paraná, MPT, MPF, DNIT, CEREST, DER-RO para um debate

Temas em discussão será Acidentes de Trabalho em obras na BR 364 e Gestão de Segurança do Trabalho em Rodovias do Estado de Rondônia.

 JI-PARANÁ (RO) – Campanha de conscientização e orientação com o objetivo de prevenir acidentes e doenças do trabalho denominada Abril Verde reúne em Ji-Paraná, nesta sexta-feira, 26, representantes do Ministério Público do Trabalho (MPT), Ministério Público Federal (MPF), Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Centro de Referência da Saúde do Trabalho (CEREST) e Departamento Estradas e Rodagens do Estado de Rondônia (DER-RO) para um debate, em Audiência Pública a ser realizada no auditório da Procuradoria do Trabalho do Município.

Os temas em debate na Audiência Pública são: Acidentes de Trabalho na BR 364 e Gestão de Segurança do Trabalho em Rodovias no Estado de Rondônia. O debate faz parte da programação elaborada pelo MPT para lembrar o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho, cuja data é 28 de Abril.

Abre a audiência a procuradora-chefe Camilla Holanda Mendes da Rocha, do Ministério Público do Trabalho na 14ª Região, constituída pelos Estados de Rondônia e Acre, e a procuradora do Trabalho Marina Silva Tramonte, Coordenadoria da Procuradoria do Trabalho no Município de Ji-Paraná.

Na audiência pública, com início previsto para às 10 horas e término às 13 horas, os debatedores dos temas pretendem contribuir para a conscientização da população no que refere a garantir segurança, tranquilidade e melhores condições do ambiente de trabalho para todos rondonienses e todos que residem no Estado.

O debate é aberto à participação popular. Para fazer uso da palavra o interessado só precisa se inscrever na mesa de credenciamento do evento, que estará aberta a partir das 9h30 até o início da audiência.

Fonte: MPT / RO e AC

Imprimir

  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • meio ambiente
  • trabalho escravo
  • trabalho portuario
  • liberdade sindical
  • promocao igualdade
  • trabalho infantil